11 Selvagens | Foto: Victor Otsuka
11 Selvagens | Foto: Victor Otsuka

No final de 2019, o Observatório do Teatro elegeu sete momentos fundamentais da década de 2010 no cenário teatral numa lista que abrangeu desde a valorização artística do teatro musical, até o surgimento da dupla de profissionais Rafael Gomes e Vinicius Calderoni.

Em meio às seleções,o teatro jovem de Pedro Granato e seu Pequeno Ato foi um dos eleitos de maior repercussão em toda a seleção na matéria Pequeno Ato e a Análise da Juventude Política

Entre os espetáculos encenados sob a direção de Granato, Fortes Batidas (2015) e 11 Selvagens (2017) se sobressaíram como os títulos mais populares da trilogia formada ainda por Distopia Brasil (2019).

É com consciência dessa popularidade que Granato e a trupe do Pequeno Ato reestreiam 11 Selvagens a partir do dia 07 de março na sede da Companhia, na República. Narrando acontecimentos resultantes de uma sociedade polarizada passando por uma revolução social e de costumes, o espetáculo cumpre temporada até o dia 29 de março, aos sábados e domingos, sempre às 19h. Os ingressos custam de R$ 20,00 (meia) a R$ 40,00 (inteira).

11 Selvagens também fará parte da programação do FarOFFa festival independente realizado em paralelo à Mostra Internacional de Teatro de São Paulo (MITSP). As sessões dentro da programação acontecerão nos dias 14 e 15 de março, e nestas sessões exclusivamente, a venda de ingressos será realizada na política “pague o quanto puder”.