Amor Profano: dogmas, fé e paixão ganham tons ainda mais dramáticos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Texto do autor israelense Motti Lerner, o espetáculo Amor Profano segue em cartaz até o dia 24/02, no Teatro Raul Cortes contando com Vivianne Pasmanter e Marcelo Airold como um casal divido entre o amor e a fé.

Drama

O drama gira em torno de Hannah e Zvi, que se reencontram pela primeira vez após 20 anos do seu traumático divórcio. Ambos foram criados numa comunidade ultra-ortodoxa judaica em Jerusalém. O casamento acabou quando Zvi, em uma crise de fé, resolveu abandonar as leis religiosas e seguir uma vida secular em Tel Aviv.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Amor e fé

Nesse reencontro, então, os dois terão que finalmente confrontar o amor, a fé, suas escolhas e seus temores mais profundos. O despertar da paixão e o desejo entre os dois é inevitável, mas poderá o amor verdadeiro superar a fé e as diferenças religiosas?

A partir do conflito intrigante desse casal, enfim, a peça causa identificação sobre o problema da incomunicabilidade nas relações humanas, dimensionando questões universais que afetam o mundo contemporâneo.

Amor Profano, com direção de Einat Falbel, além disso a trilha sonora é composta pela cantora e compositora Fortuna, por fim, os cenários e figurinos são de Zé Henrique de Paula e iluminação de Yuri Cumer, surpreende a plateia provocando uma profunda reflexão sobre a complexidade humana.

Serviço:

Amor Profano
Sextas e sábados 21h, domingos 19h
Sexta R$ 60 e R$ 40, sábado e domingo R$ 70 e R$ 50
Duração: 80 minutos. Classificação indicativa: 12 anos. Gênero: Drama
Todas as apresentações terão descritivo em braile*
*Todas as sextas as apresentações terão intérprete de libras*
Teatro Raul Cortez – Fecomércio (512 lugares)
Rua Dr. Plínio Barreto 285 – Bela Vista. Informações: 3254.1631

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio