Tudo que eu Queria te Dizer - Foto: Divulgação
Tudo que eu Queria te Dizer - Foto: Divulgação

Em 2007, a cronista e poeta gaúcha Martha Medeiros vinha de duas incursões pela literatura ficcional: o sucesso Divã (2002), que rendeu peça de teatro e, anos depois, filme de sucesso – ambos estrelados por Lília Cabral -, e o menos expressivo Selma e Sinatra (2005).

Já calejada, a escritora pôs no mercado Tudo o que eu Queria te Dizer, romance no qual juntou uma série de relatos e cartas ficcionais para criar narrativa sobre personagens em momentos de confissão. Best-seller instantâneo, a obra chamou a atenção de uma produtora carioca que, por indicação da própria Martha, apresentou a Ana Beatriz Nogueira à publicação que deu origem produção teatral assinada pela atriz e baseada nas cartas escritas e coletadas pela gaúcha ao longo dos anos.

Com o auxílio do diretor Victor Garcia Peralta, chegou à cena em 2010 Tudo o que eu Queria te Dizer, versão teatral do livro de Medeiros, e um dos maiores sucessos da carreira teatral de Nogueira, que segue em cartaz em sucessivas temporadas ao redor do Brasil ao longo dos últimos 10 anos.

Agora, a obra chega ao universo online em temporada que tem início no dia 01 de agosto, sábado dentro do projeto Da Minha Casa para a Sua Casa, sob apoio da Icatu Seguros. Com transmissão via plataforma de reuniões remotas Zoom, Nogueira apresenta cinco relatos contidos no livro original em apresentações que contarão com parte da renda revertida para o Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro.

As apresentações acontecerão todos os sábados de agosto com sessões sempre às 18h. Os ingressos custam de R$ 20,00 a R$ 100,00.