Após cinco temporadas, adaptação musical e adolescente de Shakespeare reestreia em São Paulo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Peça escrita
em 1596 pelo bardo inglês William Shakespeare, A Megera Domada rapidamente se tornou uma de suas obras mais
populares, abrindo margem para uma série de adaptações ao longo dos séculos.

Na Broadway, em 1948, o popular compositor Cole Porter assinou, ao lado dos dramaturgos Bella e Samuel Spewack, uma adaptação musical para a peça. Kiss me Kate se sagrou um dos clássicos do teatro musical, e deu ao songbook norte americano um de seus maiores standards, o sofrido hit So in Love.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mais de
cinquenta anos depois, o então estreante diretor norte americano Gil Junger
assinou a adaptação cinematográfica para esta clássica comédia sobre os
desencontros de um casal. Em 10 Coisas
que Odeio em Você,
Junger fez da clássica história de Shakespeare uma das
mais bem sucedidas pérolas pop do cinema hollywoodiano do final do século XX.

Foi no
despontar do século seguinte, em plenos anos 2000 que, no Brasil, uma nova
adaptação marcaria novas gerações com a exibição de O Cravo e a Rosa, telenovela escrita por Walcyr Carrasco com base
na história encenada no século XVI e veiculada pela Rede Globo de Televisão até
2001.

Mas em 2017,
foi a vez do já estabilizado mercado do teatro musical brasileiro se apropriar
da obra para montar A Megera Domada – O
Musical
em uma adaptação infanto-juvenil produzida com elenco jovem sob a
direção da coreógrafa Fernanda Chamma e da diretora Cininha de Paula, e direção
musical assinada por Willian Sancar. 

É esse
espetáculo que, após cinco temporadas concorridas em São Paulo, chega ao Teatro
Viradalata, no bairro do Sumaré, zona oeste da capital, para curtíssima
temporada a partir do dia 04 de agosto, com sessões aos domingos às 16h.

Na adaptação
assinada por Leonardo Robbi e pela própria Chamma, a história é transportada
para uma escola ginasial, e o romance tórrido e complicado de Petruchio e
Catarina se torna uma aposta entre crianças.

O espetáculo
utiliza de canções compostas para famosos espetáculos da Broadway para contar a
história que já fora montada no Brasil de forma clássica pelo paulistano grupo
Ornitorrinco, sob a direção de Cacá Rosset e estrelado pelo ator e diretor e
pela atriz Christiane Tricerri.

A Megera Domada – O Musical cumpre temporada até o dia 25 de
agosto no Teatro Viradalata, domingos, às 16h. Os ingressos custam de R$ 35,00
(meia) a R$ 70,00 (inteira).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio