Após pausa de quarentena, Eduardo Martini volta a receber o público em dose dupla no teatro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Há duas semanas, quando o governo do Estado de São Paulo decretou novo lockdown aos finais de semana, ao voltar a capital e todas as outras cidades à fase vermelha do plano de contenção da pandemia do Coronavírus, Eduardo Martini voltava a perceber o fôlego da plateia que voltava a frequentar a sala de seu Teatro União Cultural para assistir os solos I Love Neide – Manual de uma Cinquentona Atrevida e Simplesmente Clô.

O fechamento das salas de espetáculo pegou o ator de surpresa, tanto quanto a retomada abrupta anunciada na última quinta-feira, 04, que impossibilitou uma logística mínima de divulgação para que o ator e produtor retomasse as atividades.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, passada a pausa (pouco) estratégica, Martini anuncia a retomada dos dois espetáculos que protagoniza no Teatro União Cultural. Há mais de 15 anos em cartaz em sucessivas temporadas com hiatos criativos entre elas, I Love Neide retorna neste dia 12 às 21h. A obra põe em cena a clássica personagem nascida como uma crônica do mau humor em programa apresentado por Hebe Camargo (1929-2012), no SBT. O texto é de Marcelo Saback e Pablo Diego Garcia, enquanto a direção fica a cargo de Clarice Abujamra.

Já o drama biográfico Simplesmente Clô, cumpre sessões aos sábados e domingos, às 21h e 19h, respectivamente, a partir do dia 13. A obra é um inventário sobre a vida e a obra do estilista, apresentador e deputado federal Clodovil Hernandes (1937-2009). O texto é de Bruno Cavalcanti e a direção é assinada por Viviane Alfano.

Ambos os espetáculos cumprem temporada obedecendo a todas as exigências da Organização Mundial da Saúde para impedir a circulação do Coronavírus. Os ingressos custam de R$ 35,00 (meia) a R$ 70,00 (inteira).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio