Eu não Dava Praquilo - Foto: Divulgação
Eu não Dava Praquilo - Foto: Divulgação

A repercussão da primeira live cênica do solo Eu não Dava Praquilo, no qual Cássio Scapin dá vida à atriz Myriam Muniz (1931-2004), foi tão grande que inspirou o ator e diretor a aceitar o convite da Secretaria Estadual da Cultura e Economia Criativa para compor o elenco do Festival #CulturaemCasa, que tem levado para as edes da Secretaria apresentações de nomes como Renato Borghi, Thiago Mendonça, Débora Falabella, entre outros.

Scapin se apresenta amanhã, 05, às 21h30 dentro a plataforma oficial do festival e através do canal oficial da Secretaria no Youtube pouco mais de duas semanas após estrear no formato dentro do projeto #EmCasacomoSesc. No espetáculo, escrito em parceria com o poeta e dramaturgo Caio Junqueira e dirigido por Elias Andreato, Scapin dá vida a Muniz sem artefatos cênicos senão um xale.

O ator venceu o Prêmio APCA 2014 e abocanhou uma indicação ao Prêmio Shell pelo espetáculo que, um ano antes, antecipou as lembranças de 10 anos da morte da atriz. Sucesso da temporada, Eu não Dava Praquilo viajou pelo Brasil e permaneceu em cartaz por diversas temporadas ao longo dos anos.