Após vencer o Prêmio Shell, Chris Couto reestreia A Milionária em São Paulo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Peça que deu o Prêmio Shell de Melhor Atriz para Chris
Couto, A Milionária, obra do dramaturgo
irlandês Bernard Shaw, reestreia em São Paulo no dia 15 de agosto,
quinta-feira, no Teatro Aliança Francesa, na Vila Buarque, zona central da
capital. O espetáculo faz parte do projeto 2XSHAW,
idealizado pela pesquisadora e especialista na obra do dramaturgo morto há 70
anos, Rosalie Rahal Haddad.

A temporada acontece entre 15 de agosto e 27 de setembro, as
quintas e sextas às 20h30. Na obra, dirigida por Thiago Ledier (que, ao lado de
Eduardo Tolentino de Araújo, assina a tradução do texto), Chris Couto vive
Epifânia, uma das mulheres mais ricas da Europa que, prestes a cometer
suicídio, discute com seu advogado sobre a herança que deixará para seu marido
como forma de punição por infidelidade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além de Couto, o elenco conta ainda com Cy Teixeira, Priscilla
Olyva, Alexandre Meirelles, Caetano O’Maihlan, Guilherme Gorski, Luti
Angelelli, Rodrigo Chueri e Sergio Mastropasqua. Pelo papel, Couto também oi
indicada ao Prêmio do Humor 2019.

O projeto 2XSHAW relembra os 70 anos da morte do dramaturgo irlandês, e contará ainda com uma temporada do espetáculo A Profissão da Senhora Warren, escrita em 1883 e encenada pela primeira vez em 1902, e protagonizada por Clara Carvalho (indicada ao prêmio Shell 2019 pela direção de Condomínio Visniec) e Karen Coelho. Os ingressos, já à venda, custam de R$ 15,00 (meia) a R$ 30,00 (inteira) para ambas as peças.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio