Após virar best-seller romance de Camus chega ao universo digital em adaptação teatral

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Romance escrito em 1947 que se sobressaiu como um dos mais importantes da obra do romancista franco-argelino Albert Camus (1913-1960), A Peste ganhou elogiada encenação protagonizada por Pedro Osório sob a direção de Vera Holtz e Guilherme Leme Garcia e que aportou nos palcos paulistanos em 2019, após bem sucedidas temporadas cariocas.

Com uma turnê por outras cidades do Brasil e o retorno à capital paulista abortados após a pandemia do novo Coronavírus congelar o mercado cultural, o espetáculo chega agora ao universo online dentro do Festival Palco Presente, que levará uma série de espetáculos aos palcos dos teatros de São Paulo com transmissão online.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na obra, Osório dá vida ao médico Bernard Rieux que vem a público relatar as descobertas que fez após passar um ano em uma cidade à beira-mar infestada por ratos transmissores uma doença letal. A estreia online do projeto estreia cinco meses após as vendas do livro atingirem status de best-seller em toda a Europa como resultado da pandemia contemporânea.

A Peste cumpre curta temporada a partir de amanhã, 28, até o dia 30 de agosto, com transmissão online via ZOOM, diretamente do palco da Sala Irene Ravache do Teatro Raposo, na zona oeste de São Paulo com sessões às 20h (sexta e sábado) e às 17h (domingo). Os ingressos custam de R$ 5,00 (ingresso amigo) até R$ 200,00 (em contribuição espontânea o público).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio