Eu não Dava Praquilo - Foto- João Caldas
Eu não Dava Praquilo - Foto- João Caldas

Há três meses, quando estreou no universo online dentro da programação do projeto #EmCasacomoSesc com a adaptação online de Eu não Dava Praquilo, Cássio Scapin viu seu solo em homenagem a atriz Myriam Muniz (1931-2004) ser celebrado como uma das melhores lives cênicas do projeto criado pela rede Sesc São Paulo.

Pouco menos de um mês, o ator voltou ao online dentro de outro projeto de lives cênicas e agora, a partir de sexta-feira, 18 de setembro, estreia sua primeira temporada virtual com o solo dirigido por Elias Andreato e escrito em parceria com Cássio Junqueira.

Cumprindo curta temporada de três semanas diretamente do palco do Teatro Alfredo Mesquita, em Santana, e com transmissão gratuita pelo perfil oficial da produtora Nosso Cultural no Facebook. 

Baseado na biografia homônima de Muniz, Eu não Dava Praquilo rendeu a Scapin um Prêmio APCA em 2014. A obra faz um apanhado da vida e das descobertas artísticas da atriz e educadora paulista que construiu trajetória estelar no teatro paulistano e cravou seu nome no cinema e em alguns trabalhos da TV.