Pé de Cal - Foto: Paula Kossatz
Pé de Cal - Foto: Paula Kossatz

O Centro Cultural do Banco do Brasil, no Rio de Janeiro anunciou a reabertura de seu Teatro II para o dia 26 de novembro, quinta-feira, com a encenação de Pá de Cal (Ray-Lux), texto inédito do dramaturgo carioca vencedor do Prêmio Shell Jô Bilac que narra a reação de um drama familiar terceirizado pela presença de representantes legais.

Na obra, a personagem central está morta e a família precisa decidir o destino do patriarca da família, então sob os cuidados do rapaz. As irmãs do rapaze mandam seus representantes legais e a mãe do protagonista, uma empregada doméstica, também manda o seu próprio representante. 

A única presença é a do pai, que estabelece uma conexão com todos os representantes  expõe as fragilidades dos laços familiares com suas filhas. O elenco é formado por Carolina Pismel, Isaac Bernat, Orlando Caldeira, Pedro Henrique França e Ruth Mariana sob a direção de Paulo Verlings.
Pá de Cal (Ray-Luxs) fica em cartaz no Centro Cultural do Banco do Brasil até o dia 20 de dezembro, de quinta-feira a domingo, com sessões às 18h (quinta-feira a sábado) e às 17h (domingos).

Os ingressos custam de R$ 15,00 (meia) a R$ 30,00 (inteira) e serão vendidos exclusivamente pelo site oficial da Eventim. Os lugares serão limitados a 76 assentos por sessão. Não haverá transmissão online.