Celebrando 10 anos de sua estreia, obra seminal de Rafael Gomes ganha nova temporada

Espetáculo deu início ao Empório de Teatro Sortido, de Rafael Gomes e Vinicius Calderoni

Publicado em 05/11/2021 09:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em meados de 2010, o ator, dramaturgo e diretor Rafael Gomes encenava aquela que seria considerada a primeira peça produzida por seu Empório de Teatro Sortido, fundada ao lado do dramaturgo, ator e diretor Vinicius Calderoni. Intitulado Música para Cortar os Pulsos, o espetáculo cumpriu sucessivas temporadas e turnê nacional ao longo dos três anos em que permaneceu em cartaz.

Narrando a história de três jovens que, em cenas curtas, vivem diferentes dilemas relacionados ao amor e a paixões juvenis, Música para Cortar os Pulsos foi obra seminal também para a formação de uma série de jovens dramaturgos e artistas teatrais, entre eles os dramaturgos Davi Novaes e Thereza Andrada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, com atraso providencial devido a pandemia do Coronavírus, o espetáculo retorna aos palcos para celebrar a primeira década de sua encenação. Com elenco formado por Fábio Lucindo e Victor Mendes, egressos do elenco original, o espetáculo conta ainda com Mayara Constantino (que assumiu o papel originado por Marisol Ribeiro) e Bella Marcatti, que alterna o papel com Constantino ao longo das sextas-feiras de novembro.

A obra é composta por uma série de canções do (eclético) repertório da clássica música popular mundial, entre elas Boys Don’t Cry, da banda The Cure, Maior Abandonado, do Barão Vermelho, El Día que me Quieras, clássico na voz de Carlos Gardel (1890-1935), Três da Madrugada, Entre Tapas e Beijos e As Canções que Você fez pra Mim, entre outros títulos.

Música para Cortar os Pulsos cumpre temporada a partir de hoje, 05, no palco do Teatro Vivo, no Brooklin, zona sul da capital, até o dia 12 de dezembro, com sessões de sexta-feira a domingo, às 20h (sextas e sábados) e às 18h (domingos). Os ingressos custam de R$ 30,00 (meia) a R$ 60,00 (inteira).

Nas sessões de hoje (05), 12, 18 e 25 de novembro os ingressos serão gratuitos, e uma sessão extra está agendada para o dia 13 de novembro, sábado, às 17h.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio