Christiane Tricerri vive Frida Kahlo em peça sobre obra e vida da pintora mexicana

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das artistas mais icônicas do século XX, Frida Kahlo se tornou presença constante também no teatro nacional. A nova encenação a trazer a figura de Kahlo à cena é Viva la Vida, espetáculo escrito em 1998 pelo dramaturgo mexicano Humberto Robles, e que estreia no  Brasil no dia 21 de novembro, no Auditório do Sesc Pinheiros, na zona oeste de São Paulo.

Estrelando o monólogo, Christiane Tricerri dá vida a uma Frida Kahlo frente a frente com a morte enquanto prepara um brinde em homenagem ao dia dos mortos e rememora lembranças divididas com nomes como Diego Rivera (seu parceiro de vida e de arte), entre amigos, amantes e parceiros profissionais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No texto, a artista também trata de temas como o fatídico acidente de bonde que a deixou debilitada, a fragilidade de sua saúde e a deficiência que carregou ao longo da vida. Seu processo de criação também é abordado no espetáculo de Humberto Robles, o segundo a ser encenado pelo Ornitorrinco. O primeiro foi Nem Princesas, Nem Escravas, montado em 2018 a fim de comemorar os 40 anos do grupo encabeçado por Cacá Rosset.

Frida Kahlo – Viva la Vida cumpre sessões de quarta-feira a sábado,sempre às 20h30 até o dia 14 de dezembro. Os ingressos custam de R$ 15,00 (meia) a R$ 30,00 (inteira). Credenciados na rede Sesc pagam apenas R$ 9,00.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio