Christiane Tricerri volta ao online com obra sobre a busca pela paixão na memória

Artista estreia terceiro espetáculo online em dois anos

Publicado em 5/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Espetáculo encenado pela cosmopolita Odin Teatret – companhia formada pela atriz inglesa Julia Varley e pelo autor e encenador italiano Eugenio Barba – em 2002, Sal parte das memórias e viagens de uma mulher para relembrar um caso tórrido de uma paixão por um homem que apagou todos os seus vestígios.

A obra chega agora ao universo online em sua primeira montagem brasileira estrelada, dirigida e versionada pela multiartista Christiane Tricerri, a partir de domingo, 11. Sob a produção e direção geral de Alexandre Brazil, que retoma a parceria com Tricerri, que co-estrelou Nem Princesas Nem Escravas (2018), sob a produção do diretor em parceria com o Grupo Ornitorrinco, Sal ganha temporada com as bênçãos da companhia que a encenou originalmente. A direção de arte é assinada por Isadora Tricerri.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Baseado no romance Si sta Facendo Sempre più Tardi, de Antonio Tabucchi (1943-2012), o espetáculo fica em cartaz até o dia 12 de agosto, de segunda-feira a sábado, sempre às 21h, e domingos com sessão dupla às 17h30 e às 21h. Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados via Sympla.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio