Cia. Os Crespos discute racismo e homofobia ao estrear peça-filme baseada em obra de Sérgio Roveri

Curta enfoca luta entre gigantes do boxe em busca do título mundial de 1962

Publicado em 05/10/2021 10:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 2018, o dramaturgo vencedor dos prêmios Shell e APCA Sérgio Roveri estabeleceu parceria com a Cia. Os Crespos para encenar 12º Round, drama que enfoca a disputa real entre os boxeadores afro-caribenhos Benny “Kid” Paret (1937-1962) e Emile Griffith (1938-2013) pelo título mundial de boxe de 1962.

A disputa foi cercada de polêmicas, a começar pelas provocações homofóbicas desferidas por Kid Paret um dia antes da luta contra seu adversário. No dia do embate, Griffith entrou no ringue com tanta raiva que os golpes que acertou em Paret o levaram a um coma de 10 dias, seguido de sua morte.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O fato acompanhou o jovem Griffith por toda a sua vida, o atormentando até sua saída de cena, em 2013. E é a partir desta obra, que ganhava seus primeiros dias de ensaio em 2020, quando a pandemia do Coronavírus congelou o mercado cultural ao redor do mundo, que se baseia Dois Garotos que se Afastaram Demais do Sol, peça-filme orquestrada pela Cia. Os Crespos e que chegou ontem, 04, à programação da 3ª Mostra de Cinema Negro Faz lá o Café em caráter de pré-estreia.

Estrelado por Rodrigo de Odé e Sidney Santiago Kuanza, Dois Garotos que se Afastaram Demais do Sol estreia temporada a partir do dia 08, sexta-feira, quando ganha transmissão no perfil oficial do Teatro João Caetano no Facebook.

O espetáculo fica em cartaz até o dia 10, e no dia 15, também sexta-feira, cumpre sessões no perfil oficial do Teatro Arthur Azevedo também no Facebook até o dia 17, domingo. No sábado, 16, a obra compõe a programação da Mostra Quando o Palco se Faz Cinema, do Centro Cultural São Paulo.

Já em novembro, do dia 05 ao dia 07, a peça ganha transmissão no perfil do Teatro Alfredo Mesquita, e, por fim, entre os dias 12 e 14 de novembro, a transmissão acontece no perfil do Teatro Cacilda Becker. As apresentações acontecem sempre às 21h (sextas e sábados) e às 19h (domingos).

No domingo, 14, após a exibição, elenco e equipe se reúnem para um bate-papo também online. Dois Garotos que se Afastaram Demais do Sol conta com a direção de Lucélia Sérgio em parceria com Cibele Appes, e o elenco é composto ainda por Teka Romualdo, Mônica Augusto e Eduardo Silva, que substitui o ator João Acaiabe (1944-2021), que comporia o elenco original.

Os ingressos das transmissões são gratuitos. Confira abaixo a ficha técnica completa do espetáculo-filme:

Direção: Lucelia Sergio e Cibele Appes | Com: Sidney Santiago Kuanza, Rodrigo de Odé, Teka Romualdo, Mônica Augusto e Eduardo Silva | A partir do texto dramatúrgico “12º Round” de Sérgio Roveri | Roteiro: Lucelia Sergio | Direção de Produção: Rafael Ferro | Produção: Rafael Ferro e Ramon Zago | Assistência de Produção: Niara Ngozi | Assistência de Direção: Ramon Zago e Cibele Appes | Som direto: Edu Luz | Direção de fotografia: Cibele Appes e Lucas Kakuda | Operação de câmera:  Lucas Kakuda, Isabel Praxedes e Cibele Appes | Lighting Designer: Denilson Marques | Técnicos de Luz: Lucas Barbosa e Rafael Casimiro | Direção de Arte e figurino: Gui Funari e Lia Damasceno | Assistente de Figurino: Andy Lopes | Maquiagem: Tairone Porto, Jhonny Bodonni | Escultura: “Patrimônio=Nóis” (Busto ao Desconhecido/Getúlio sumiu), obra de Érica Ferrari | Preparação de elenco: Lucelia Sergio | Preparação corporal e coreografia de luta: Carolina Nóbrega | Elenco de apoio:  Conrado Caputo, Celso Cardoso, James Turpin, Thiago Catarino, Fernando Bolacha, Tairone Porto, Myria Rios Kuanza, Lucelia Sergio, Ramon Zago e Rafael ferro – Crianças: Akins Samuel, Tayrone Barbosa, Kenay Barbosa | Montagem: Cibele Appes | Trilha e Direção Musical: Dani Nega | Desenho de som: Cibele Appes e Dani Nega | Mixagem: Ruben Vals | Músicos: Bira Junior, Natalia Mallo, Gisah Silva | Assistência de montagem – Mel Appes e Edu Luz | Finalização de cor: Lucas Kakuda | Finalização de som e logger: Edu Luz | Orientação teórica: Osmundo Pinho e Jonathan Raymundo | Identidade visual: Rodrigo Kenan | Fotografia still e making of: Mariana Ser e Isabel Praxedes | Contrarregragem: Fred Peixoto e Carlos Farah | Catering: Belo Bocado – Cozinha Vegana, Myria Rios Kuanza, Menina Brasileira | Legendagem e acessibilidade: ETC Filmes | Direção geral: Lucelia Sergio | Produtora audiovisual: Fuzuê Filmes | Realização e Produção executiva: Cia os Crespos

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio