Coletivo O Bonde estreia no teatro adulto recontando história de garotos escravizados por família nazista

Publicado em 21/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Documentário lançado há seis anos sob a direção do cineasta carioca Belisário Franco, Menino 23 é obra contundente que jogou luz sobre os efeitos pouco conhecidos do nazismo no Brasil ao narrar a história de Aloísio Silva que, durante sua infância, foi sequestrado de um orfanato junto a outros 50 garotos negros para servirem como escravos em uma fazena no município paulista de Campina de Monte Alegre.

A história destes jovens – mantidos escravos por empresários da família Rocha Miranda – é o que alicerça Desfazenda – Me Enterrem Fora Desse Lugar, espetáculo que chega ao universo online a partir desta sexta-feira, 25, e marca a estreia do coletivo paulistano O Bonde no universo do teatro adulto.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O grupo – conhecido por um dos espetáculos mais incensados do teatro infantil em 2019, Quando eu Morrer Vou Contar Tudo a Deus, de Maria Shu – estreia no universo adulto abrindo novas parcerias. O grupo se une à atriz, diretora e cantora Roberta Estrela D’Alva, que assina a encenação, e à atriz e DJ Dani Nega, responsável pela produção musical.

Estrela D’Alva e Dani Nega voltam a trabalhar em conjunto um ano após receberem o Prêmio Shell pela música original de Terror e Miséria no Terceiro Reich, em 2020. Em Desfazenda – Me Enterrem Fora Desse Lugar o coletivo o Bonde narra a história de quatro pessoas pretas salvas de uma guerra pelo Padre Branco e levadas para viver em sua fazenda.

Vivendo e trabalhando na fazenda do pontífice (que nunca deixa a capela), o quarteto é observado por uma personagem misteriosa, ausente e, ainda assim, onipresente (Zero). A guerra da qual foram salvos jamais atingiu a fazenda e os motivos nunca são explicados, e, quando contestados, surge sempre um sinal de que é hora de voltar ao trabalho.

Fazendo uso da linguagem do spoken word, performance na qual são recitados textos no contexto da música, literatura, artes plásticas ou cênicas, Desfazenda – Me Enterrem Fora Desse Lugar estreia dentro do projeto Palco Virtual do Itaú Cultural em três sessões gratuitas, de 25 a 27 de junho, às 20h (sexta e sábado) e às 19h (domingo).

O elenco é formado por Ailton Barros, Filipe Celestino, Jhonny Salaberg e Marina Esteves, com as participações em off de Grace Passô e Negra Rosa. Ao fim de cada apresentação, o coletivo promove um encontro online para falar sobre temas como a dramaturgia negra, as heranças escravocratas e a linguagem do teatro online.

Entre os convidados estão o ator e dramaturgo Daniel Veiga e a jornalista e pesquisadora Mariana Queen (dia 25), o professor de teatro e crítico Amilton de Azevedo e a pedagoga e performer Luz Ribeiro (dia 26), e, por fim, a roteirista, atriz e diretora Luh Mazza e a cantora e compositora Ellen Oléria (27 de junho).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio