Aparecida, um Musical | Foto: Adriano Doria
Aparecida, um Musical | Foto: Adriano Doria

Espetáculo idealizado para contar a história da santa Nossa Senhora Aparecida, Aparecida, Um Musical encerrou sua jornada no Teatro Bradesco, zona oeste da capital, no último dia 09 de junho, e se prepara para cumprir nova temporada com início agendado para o dia 06 de julho, sábado, no Teatro Prevent Sênior, dentro do Instituto Tomie Ohtake, em Pinheiros.

Escrito por Walcyr Carrasco com canções inéditas de Carlos Bauzys e Ricardo Severo, o espetáculo teve sua direção geral assinada pela coreógrafa Fernanda Chamma, e contará, nesta nova temporada, com um elenco renovado. Boa parte do grupo de atores-cantores que fez parte da primeira temporada não seguirá com o espetáculo para o novo teatro, inclusive o protagonista Leandro Luna, que estreia na próxima quarta-feira o musical Pacto, no Teatro Opus, zona oeste da capital, e o antagonista Arthur Berges, anunciado como protagonista do musical Escola do Rock.

Júlio Assad, em cartaz no musical Sunset Boulevard, substitui Luna, e, Bruna Pazinato, a princípio, segue encabeçando o elenco da produção que, nesta temporada, não deverá contar com uma orquestra executando as 20 canções que compõem o roteiro ao vivo, mas com bases pré-gravadas.

Esta não e a primeira vez que um espetáculo utiliza da artimanha. Para viabilizar temporadas ou viagens, muitos espetáculos abrem mão de sua banda ou orquestra. Recentemente, o festivo O Frenético Dancin Days, que cumpriu temporada no Teatro Opus, zona oeste da capital, também contava com bases pré-gravadas das canções cantadas pelo grupo de atores-cantores ao vivo.

Os ingressos para Aparecia, Um Musical anda não estavam disponíveis para venda até o fechamento desta matéria

Esta matéria foi atualizada às 14h34 de 27/06.