Com elenco renovado, musical Pippin anuncia temporada em São Paulo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após cumprir bem-sucedida temporada na cidade do Rio de Janeiro, Pippin, musical de Stephen Schwartz que ganhou versão brasileira assinada pela dupla Charles Möeller e Cláudio Botelho, iniciará sua temporada na capital paulista no dia 19 de julho, no Teatro FAAP, no bairro de Higienópolis.

O espetáculo, que contou com elenco estelar na temporada
carioca, composto por nomes como Nicette Bruno, Jonas Bloch, Felipe de Carolis,
Adriana Garambone e Totia Meirelles, anunciou alterações drásticas no seu elenco.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda capitaneado por Totia Meirelles, na pele da Mestre de
Cerimônias, o elenco paulistano contará com Fernando Patau no lugar de Jonas
Bloch, na pele do rei Carlos Magno, enquanto a atriz Mariana Galindo assume o
papel de Fastrada, interpretado originalmente por Garambone. Carolis abre
espaço para João Felipe Saldanha, com quem já dividiu o papel na temporada
carioca.

Do elenco original, Guilherme Logullo também deu espaço para
Thiago Machado na pele de Lewis. O papel da carismática vovó Berthe, que rendeu
a Nicette Bruno indicações a prêmios coo Botequim Cultural e Cesgranrio, ainda
não tem uma interprete confirmada.

Para a temporada paulistana, o elenco também recebe nomes como Renato Bellini, Andreza Medeiros, Sandro Conte e Vanessa Costa, atriz que ganhou destaque por sua (ótima) performance no musical Billy Elliot.

Pippin estreia dia 19 de julho, cumprindo temporada de sexta a domingo no Teatro FAAP. Os ingressos já estão à venda através do site oficial do teatro. Os ingressos custam de R$ 75,00 a R$ 120,00.

Esta é a segunda versão de Pippin a aportar no Brasil. A primeira estreou em 1974, e contava com elenco capitaneado por Marília Pêra no papel de Mestre de Cerimônias (posteriormente substituída por Suely Franco). Marília foi a primeira atriz a interpretar a personagem, originada pelo ator, bailarino e cantor Been Vereen.

Na primeira versão brasileira, Pippin foi vivido por Marco Nanini, que iniciou ali parceria de sucesso com Marília Pêra, que lhes renderia ainda espetáculos como Doce Deleite (1981) e o clássico O Mistério de Irma Vap (1986).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio