Dodi Leal parodia palestras TED e discute, online, vivências de uma travesti no Brasil de 2021

Sob a direção de Robson Catalunha, multiartista sobe ao palco do Centro Cultural da Diversidade em três únicas sessões

Publicado em 11/11/2021 10:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Formato cada vez mais popular dentro do universo do business brasileiro, as palestras TED (em que pessoas relevantes nos cenários da tecnologia, entretenimento e design são convidadas a expor pontos de vista a respeito de seus respectivos campos do pensamento) entram em cena e servem como meio para discutir as vivências e pontos de vista de um corpo travesti no Brasil de 2021 em Traved, solo escrito e estrelado pela professora e multiartista Dodi Leal que chega ao universo digital a partir desta sexta-feira, 12.

Escrito a partir de ensaio ainda inédito escrito por Leal, Biotecnologias da Cena: Generética do Corpoluz e Filosofia Estética das Encruzitravas, Traved é obra em que a artista se lança no universo online sob a batuta de Robson Catalunha, que, com o espetáculo, dá continuidade à série de pesquisas acerca de uma nova ambientação digital para a dramaturgia e a arte cênica.

Indicado ao Prêmio APCA por seu trabalho em O Híbrido, Catalunha se une a Leal nesta obra transmitida do palco do Centro Cultural da Diversidade, em São Paulo, e entremeada por uma série de imagens registradas no Teatro de Arena Eugênio Kusnet e busca discutir também o corpo enquanto um agente digital.

Traved cumpre temporada relâmpago de apenas três sessões no Centro Cultural da diversidade, de 12 a 14 de novembro, com sessões sempre às 13h, 15h, 17h, 19h e 21h. os ingressos são gratuitos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio