Em temporada online, solo A Filha da Virgem narra jornada de superação em prol da arte

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com estreia agendada para às 20h desta quinta-feira, 25, o solo A Filha da Virgem traça uma jornada de superação enfrentada pela atriz, bailarina e produtora pernambucana Wanderlucy Bezerra, desde seu nascimento na interiorana cidade de Arcoverde, em Pernambuco, até sua estabilidade na cidade do Rio de Janeiro, passando por assuntos como a adoção, a morte dos pais adotivos, o encontro com os pais biológicos e a turnê de dança popular de sucesso na Europa.

Bezerra, que tem em seu currículo desde pequenas pontas em filmes como o indicado ao Oscar Central do Brasil até participações em novelas da Rede Globo, narra a trajetória de uma garota de autoestima baixa e sertaneja que encontra na arte uma forma de se expressar e se sentir mais à vontade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Abandonada pelos pais biológicos, a jovem carrega esse vazio até a idade adulta, quando finalmente os encontra e consegue estabelecer uma relação afetiva, refletida também em seus pais adotivos. A morte da mãe adotiva e os cuidados exigidos pela saúde frágil do pai fizeram com que a artista adiasse seguidamente seu sonho de viver da arte que produzia e que, após a morte do pai, ganhou o mundo na forma de um espetáculo de dança por países da Europa.

Sob a direção geral de Sandra Calaça e Leo Carnevale e supervisão de Luiz Carlos Vasconcellos, A Filha da Virgem conta com texto assinado pela própria artista e cumpre curtíssima temporada online até segunda-feira, 29. As sessões acontecem sempre às 20h com exceção da do dia 28, domingo, às 18h.

Os ingressos para a temporada são gratuitos e a transmissão acontece através do canal oficial da artista no Youtube.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio