Formado por educadores, coletivo estreia experimento online baseado em episódio de violência contra professora

Publicado em 5/26/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 30 de maio de 2019, a Escola Estadual Maria de Lurdes Teixeira, na cidade de Carapicuíba, região da Grande São Paulo, foi palco de um ato de vandalismo quando alunos jogaram livros, cadeiras e carteiras contra uma professora num ato que ficou conhecido como um dos ápices do ataque a profissionais da educação, que vinha numa crescente  desde meados de 2014.

O episódio teve ampla cobertura da imprensa nacional e chamou a atenção do poder público, que, apesar das notas de repúdio, não havia até então encontrado uma forma de coibir os crescentes ataques a docentes ao redor do Brasil.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Inspirados pelo episódio e pelo cenário educacional brasileiro, o paulistano Coletivo Nos Educando (formado por atores-professores) anuncia a estreia e Essa é a História da Carteira que Voou, experimento cênico digital que chega ao universo online a partir desta quinta-feira, 27, com apresentações transmitidas via Zoom e WhatsApp.

Dividido em seis curtas intitulados Cadernos, o espetáculo busca dissecar temas que vão desde a história da educação até a relação da instituição escolar com seus alunos, passando pela investigação sobre o ofício do ensino e a situação educacional do país.

Gratuitas, as transmissões acontecem entre os dias 27 e 30 de maio, com sessões às 20h (quintas e sextas), 19h e 21h (sábados) e às 18h e 20h (domingos). As inscrições para as sessões devem ser realizadas com antecedência através de formulário oficial (clique aqui).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio