Fundador do Coletivo Legítima Defesa, Eugênio Lima abre discussão sobre arte na diáspora em evento do CPT

Publicado em 10/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator, diretor, MC e fundador do coletivo Legítima Defesa Eugênio Lima abre a discussão sobre o fazer artístico dentro da diáspora negra em evento online promovido pelo Centro de Pesquisa Teatral (CPT) na próxima sexta-feira, 18. Sob a mediação da atriz Roberta Estrela D’Alva, Lima discute os meios de produção com o músico sul africano Neo Muyanga.

Por intermédio de Estrela D’Alva, Muyanga e Lima iniciaram processo de colaboração dentro das produções do Legítima Defesa, que rendeu obras como A Missão em Fragmentos: 12 cenas de Descolonização em Legítima Defesa (2017), Black Brecht – E se Brecht Fosse Negro? (2019) e A Maze in Grace (2020).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gratuito, o evento acontece às 16h e as inscrições estarão disponíveis a partir de amanhã, 11, às 14h, no site oficial da rede Sesc São Paulo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio