Grupo Tapa reestreia peça de Albee após adiar estreia de obra de Vianinha

Obra substitui "buraco" deixado por "Papa Highirte", peça que chega aos palcos em 2022

Publicado em 20/10/2021 08:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Espetáculo que chegou aos palcos no início de 2020, e teve sua trajetória interrompida pela pandemia do Coronavírus, De Todas as Maneiras que há de Amar, versão do Grupo Tapa para Counting the Ways, título obscuro da (magistral) obra do dramaturgo norte americano Edward Albee (1928-2016) volta aos palcos a partir do dia 29 de outubro.

A montagem, dirigida por Eduardo Tolentino de Araújo, e estrelada por Clara Carvalho e Brian Penido Ross, narra a vida conjugal de um casal que busca diferentes formas de se manter unidos, sobrevivendo ao mundo e a seu próprio jogo matrimonial.

O espetáculo chega ao palco do Teatro Aliança Francesa para substituir Papa Highirte, peça de Vianinha (1936-1974) que narra a ascensão e queda de um ditador latino americano. Estrelada por ZéCarlos Machado, a montagem deverá chegar aos palcos apenas em 2022.

Com título retirado da canção De Todas as Maneiras, de Chico Buarque de Hollanda, lançada por Maria Bethânia em álbum de 1978, De Todas as Maneiras que há de Amar cumpre temporada até o dia 05 de dezembro, com sessões às sextas e sábados às 20h e aos domingos às 17h. Os ingressos custam de R$ 30,00 (meia) a R$ 60,00 (inteira).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio