Imerso em contemporaneidade, O Sorriso da Rainha leva Elizabeth I para o universo online

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em cartaz desde 2018, quando estreou em turnê iniciada em Portugal e depois pelas casas de cultura da periferia de São Paulo, o solo O Sorriso da Rainha traça um perfil tão íntimo quanto ficcional da Rainha Elizabeth I (1533-1603), uma das monarcas mais icônicas a ter ocupado o trono real inglês, e se tornou um dos principais nomes retratados pela dramaturgia ocidental ao longo dos séculos.

Escrita por Maria Shu e dirigida por Alexandre Brazil, O Sorriso da Rainha flagra Elizabeth I buscando um lugar para se isolar em seu castelo, fugindo de bajuladores durante uma festa em homenagem ao seu aniversário. No autoexílio social, a personagem se dá conta de que é observada pela plateia do espetáculo e inicia uma série de desabafos e queixas sobre os amores que viveu e os altos e baixos de ter assumido o trono.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Estrelando Cacau Merz no papel da monarca, o espetáculo chega ao universo online a partir do dia 20 de fevereiro, sábado, com transmissão via Zoom. Gratuita, a temporada se estende até o dia 06 de março, com sessões nos dias 20, 21, 22, 24 e 26 de fevereiro e 06 de março, sempre às 19h.

Imbuído de contemporaneidade, o espetáculo usa da figura histórica de Elizabeth I para trabalhar temas como a política, o papel imposto às mulheres em lugares de comando e sua relação com outras figuras femininas fortes, além de apresentar fatos sobre a relação da monarca com o dramaturgo William Shakespeare (1564-1616), de quem foi a principal mecenas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio