Isabella Lemos volta a viver Cacilda Becker em temporada online de solo gestado por Lenise Pinheiro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não tivesse saído (precocemente) de cena em 1969, Cacilda Becker talvez vivesse para vislumbrar a transformação de seu nome em um dos principais referenciais do teatro brasileiro no século XX. Contudo, sua saída de cena – causada por um derrame cerebral – encerrou a passagem da atriz pelos palcos e alçou seu nome e legado ao status de lenda.

E foi com a consciência dessa imagem mítica deixada pela artista, responsável por dar vida a alguns dos personagens mais icônicos da dramaturgia ocidental, que o encenador Zé Celso Martinez Corrêa junto a seu Teatro Oficina encenaram Cacilda!, uma tragicomédia montada em 1998 com base na vida da atriz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A obra encabeçou as listas dos principais prêmios daquele ano e se tornou um dos grandes clássicos do teatro brasileiro no final do século passado. E é justamente tendo como base a obra criada e encenada por Martinez Corrêa que a diretora, fotógrafa e dramaturga Lenise Pinheiro criou Viva Cacilda! Felicidade Guerreira!, experimento cênico digital estrelado por Isabella Lemos e produzido pelo Coletivo Takamakina de Teatro, que volta ao universo online a partir desta segunda-feira, 08.

A obra cumpre sua primeira temporada virtual sete meses após única apresentação dentro do projeto #EmCasacomoSesc, em agosto de 2020. O espetáculo parte do texto de Cacilda! para criar dramaturgia de interlúdio entre a obra original e um roteiro que costura passagens da vida de Becker, suas ideologias, dramas e crenças, entrecortadas por áudios dos homens que passaram pela sua vida, entre eles o icônico encenador Ziembinski, interpretados por Marco Ricca.

Gravado no palco do Teatro Pequeno Ato, Viva Cacilda! Felicidade Guerreira! é experimento cênico que conta ainda com imagens do arquivo fotográfico de Pinheiro, entre elas, fotos do apartamento onde viveram a atriz, seu parceiro e também ator Walmor Chagas (1930-2013) e seus filhos.

Abrindo oficialmente as comemorações do centenário de Cacilda Becker, Viva Cacilda! cumpre curtíssima temporada online, de 08 a 13 de março, sempre às 19h, em transmissão gratuita no canal oficial do Coletivo Takamakina de Teatro Youtube.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio