Livro reunindo obra de dramaturgos negros ganha lançamento em festa literária da periferia carioca

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lançado em junho deste ano de 2019, o livro Dramaturgia Negra (Funarte), compilou
os textos de 16 dramaturgos e dramaturgas negros. Com exceção do inédito Récita, da poeta carioca Leda Maria
Martins, todos os textos selecionados foram encenador ao redor do Brasil.
Agora, o livro ganhará lançamento especial na FLUP, Festa Literária das
Periferias, que acontece entre os dias 16 e 20 de outubro no Museu de Arte do
Rio (MAR).

Neste ano, a festa homenageará o ator, poeta, dramaturgo e diretor Solano Trindade, e o compositor, escritor e ativista Marcelo Yuka, morto em 2019. Entre os dramaturgos presentes na coletânea, estão José Fernando Peixoto de Azevedo, Jé Oliveira, Dione Carlos, Cristiane Sobral, Viviane Juguero e Maria Shu (foto).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio