Maria Ribeiro celebra Fernanda Young em live em que descortina obra da escritora

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando saiu prematuramente de cena em 25 de agosto de 2019 aos 49 anos, a escritora, roteirista e ensaísta multimídia Fernanda Maria Young de Carvalho Machado deixou órfãos não apenas os milhares de leitores que conquistou com carreira literária já próxima de completar 30 anos, mas também uma série de colegas artistas que deram e ainda pretendem dar voz às palavras escritas por essa punk carioca radicada em São Paulo há mai de 20 anos.

É a partir deste legado que já foi e que ainda será celebrado que a atriz Maria Ribeiro realiza, nesta terça-feira, 25, live para relembrar o primeiro ano da partida de Young e descortinar os ensaios de Pós-F Para Além do Masculino e Feminino, monólogo adaptado pela atriz em parceria com a diretora Mika Lins com base no livro homônimo da escritora.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vencedor de um póstumo Prêmio Jabuti, Pós-F é livro de ensaios e percepções de Young acerca de temas que vem regendo a sociedade contemporânea, como o avanço das pautas feministas, a desconstrução de gênero e o papel do homem e da mulher na sociedade contemporânea.

A live de Ribeiro contará com a participação da atriz e apresentadora Mônica Iozzi que, em 2017, protagonizou ao lado de Tony Ramos a série Vade Retro, escrita por Young com Alexandre Machado e exibida pela Rede Globo.
O bate-papo das atrizes acerca da obra de Young acontece a partir das 19h no perfil oficial de Maria Ribeiro no Instagram. Pós-F, a peça, estreia no dia 12 de setembro no Teatro Porto Seguro e será transmitida online. Os ingressos ainda não estão à venda.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio