Narrando encontro revolucionário entre Freud e Maher, peça estreia no Rio de Janeiro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 1910, após descobrir a traição de sua esposa e atender a
um pedido para que marcasse uma sessão de análise, o compositor checo-austríaco
Gustav Mahler finalmente foi ao encontro de Sigmund Freud, considerado o pai da
psicanálise moderna.

Após uma série e cancelamentos por parte do compositor, o
primeiro – e único – encontro entre os profissionais surtiu efeito
revolucionário no método freudiano, após o psicanalista desenvolver o método da
terapia breve.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Essa breve passagem da biografia da dupla é o foco principal
de Freud & Mahler, peça de Miriam
Halfim que, sob a direção de Ary Coslov, estreia no dia 10 de janeir no Centro
Cultural Justiça Federal, na Av. Rio Branco, zona central do Rio de Janeiro.

Protagonizado por Giuseppe Oristanio e Marcello Escorel, o
espetáculo narra não apenas o encontro dos profissionais, mas também os
respectivos efeitos em suas vidas e carreiras, além do embate entre a arte e a
ciência. “Freud & Mahler” fica em cartaz até o dia 21 de novembro, com
sessões de quinta e sexta-feira, sempre às 19h. Os ingresso custam de R$20,00
(meia entrada) a R$ 40,00 (entrada inteira).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio