Narrando realidade regida por matriarcado, Eu me Lembro estreia em São Paulo neste sábado

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Beste seller lançado em 2004 pelo professor e escritor carioca Luís Sérgio Álvares DeRose, o Mestre DeRose, no qual compila ensinamentos sobre o método que exportou para mais de 60 países ao longo de mais de 50 anos de trajetória na educação, Eu me Lembro foi o ponto de partida para o espetáculo homônimo que chega ao Teatro novo, em São Paulo, a partir deste sábado, 09.

Idealizado por Thais Barbeiro sob a direção de Miguel Hernandez, o espetáculo se passa em um tempo indeterminado, no qual o mundo é regido por uma sociedade matriarcal, evitando conflitos, guerras e batalhas bélicas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agendado para chegar aos palcos originalmente em maio de 2020, Eu me Lembro teve a estreia adiada devido a pandemia do novo Coronavírus, que impossibilitou não apenas a presença do público no teatro, mas também o contato do elenco formado por nove atores, entre eles Valdano Sousa, Priscila Schmidt, Péricles Moraes, Matheus Prestes, Marisa Mainarte, Fabio Átila, João Corrêa e Josué Casemiro e Barbeiro.

O espetáculo cumpre temporada até o dia 01 de março, de sábado a segunda-feira, às 18h (sábados e domingos) e às 21h (segundas). Os ingressos custam de R$ 30,00 (meia) a R$ 60,00 (inteira) e o teatro, cumprindo as regras de distanciamento exigidas para o combate ao Coronavírus, trabalhará com a capacidade máxima reduzida a 200 pessoas por sessão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio