Natalia Gonsales no solo Festa | Foto: Flavio Tolezani
Natalia Gonsales no solo Festa | Foto: Flavio Tolezani

Uma das dramaturgas mais atuantes do teatro paulistano na última década, Priscila Gontijo escreveu Tango, O Tempo da Preparação, peça em que traça um paralelo entre o ritmo argentino e os sentimentos e situações que antecipam a chegada de um novo amor. Escrito especialmente para a atriz Natalia Gonsales, Tango receberá sua primeira leitura pública no dia 31 de outubro, quinta-feira, na Casa do Saber, no Itaim Bibi, em São Paulo.

O evento acontece às 19h e é gratuito mediante inscrição prévia. O texto, conceitua Gontijo, busca um panorama sobre as relações contemporâneas. “Como as pessoas se encontram hoje? O que tem de real num encontro virtual e o que tem de virtual num encontro real? Qual a dimensão do medo para um encontro afetivo hoje? A partir dessas perguntas e de cenas criadas pelos atores bailarinos durante os encontros, eu desenvolvi o texto”, conta a dramaturga.

O texto traz ainda trechos de cartas escritas pelo poeta, dramaturgo e diretor francês Antonin Artaud para sua esposa, e trechos de notícias de jornal tratando sobre o feminicídio. “O mais importante nessa dramaturgia é o medo”, conta Gontijo. “O medo de entrar numa relação hoje em dia. Por isso o ‘tempo da preparação’. E o tempo da preparação pode simplesmente ser o tempo de preparar o jantar para o primeiro encontro. Qual o tempo do amor? Talvez seja o da espera”, finaliza.

Ao lado de Natalia Gonsales, o ator Fabrício Licursi completa o elenco sob a direção de Bruno Guida. Ainda sem patrocínio, a peça segue em ritmo de ensaio, mas sem previsão de estreia.

A dramaturga Priscila Gontijo