Oito anos após estreia, peça reabre questionamentos acerca de amor e sexo e engata temporada online

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 2013, a escritora paulista Mônica Montone se debruçou em questões acerca do romance e da construção das relações cotidianas para escrever a comédia romântica Sexo, Champanhe e Tchau, obra que ganhou encenação assinada por Juliana Betti em bem sucedida montagem que rendeu mais um livro para a bibliografia da autora.

A obra retorna agora, oito anos após a estreia, em nova montagem, mais uma vez assinada por Juliana Betti, mas, desta vez, estrelada pelas atrizes Ana Cecília Mamede e Jordana Korich.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Narrando a história de uma escritora próxima dos 30 anos de idade que precisa se adaptar à vida adulta enquanto tenta lidar com a autoestima abalada após uma desilusão amorosa, o espetáculo cumpre temporada online a partir desta quarta-feira, 17, dentro da programação do Teatro Petra Gold, no Rio de Janeiro.

Retratando temas como a vaidade, a autoestima e as dores e delícias de uma paixão e do amor, Sexo, Champanhe e Tchau cumpre curtíssima temporada nos dias 17, 24 e 31 de março, sempre às quartas-feiras, às 17h. Os ingressos são gratuitos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio