Online, infantil promove caminhos da acessibilidade com bate-papo e transmissão de peça

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtora cultural e especialista em projetos de acessibilidade voltados ao público infantil, Bruna Burkert estreia a partir de sábado, 27, uma nova função em carreira já próxima de completar uma década de atividade. 

A artista estreia como dramaturga com a encenação de A Princesa que não Sabia as Palavras, infantil que ganha a rede neste fim de semana em apresentação única nas redes sociais do Centro Educacional Unificado (CEU) do bairro do Jaçanã, zona norte de São Paulo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A obra reúne em sua dramaturgia temas como o respeito, aceitação e a auto aceitação de pessoas com alguma deficiência. No espetáculo, a princesa de um reuni é privada de seus direitos após descobrir algumas diferenças na forma de entender as pessoas à sua volta.

Com elenco formado por André Rosa, Diego Andrade e a própria Burkert, A Princesa que não Sabia as Palavras é estrelado pela atriz surda Lily Gomes e conta com a direção de Gustavo Guimarães Gonçalves. A produção é da Cia. Ciclistas Bonequeiros. A única apresentação deste sábado acontece às 15h com ingressos gratuitos.

A partir das 16h, no canal oficial da companhia no Youtube, Burkert media um papo a respeito do processo do teatro inclusivo com transmissão também gratuita.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio