Online, peça narra dores, lembranças e despedidas de uma família frente a morte

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde o início da pandemia do novo Coronavírus, quando produções precisaram se adaptar a uma nova linguagem cênica calcada na transmissão online e remota de encenações de textos dramatúrgicos, o mercado teatral passou por enxurrada de obras que, na impossibilidade de estrear nos moldes clássicos, ganhou o universo online.

, experimento cênico que estreia nesta sexta-feira, 20, com transmissão gratuita via Zoom, no entanto, fez o caminho contrário. Escrito em 2015, o texto ainda inédito de Alex Gruli voltou à memória do ator, diretor e dramaturgo durante reflexões sobre o momento de pandemia.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A obra narra o encontro de uma família em um quarto de hospital prestes a desligar os aparelhos de um dos familiares. As personagens passam a discutir e avaliar temas como o sentimento de perda, a solidão e a proximidade da morte.

Foi graças ao tom reflexivo do texto que o artista decidiu pô-la em cena no universo online. Na adaptação, as personagens se encontram remotamente para acompanhar o desligamento dos aparelhos. Apenas um dos familiares se encontra no hospital. Com elenco formado por Fernando Neves, José Roberto Jardim e Kátia Daher, além do próprio Gruli, estreia nesta sexta-feira, 20, e cumpre temporada até o dia 13 de dezembro, com sessões de sexta-feira a domingo às 20h (sextas e sábados) e às 18h (domingos).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio