Bolhas | Foto: Valeria Lima
Bolhas | Foto: Valeria Lima

As diferenças e distâncias geográficas, culturais, geográficas e espirituais são os pilares que norteiam o relacionamento entre uma mãe e um filho em Bolhas, texto do dramaturgo e diretor paraense Haroldo França que chega a São Paulo no próximo dia 13 de setembro, sexta-feira, na SP Escola de Teatro, na praça Franklin Roosevelt, zona central de São Paulo.

Narrando o reencontro destas duas figuras, há muito tempo separadas, morando em cidades distintas, a peça retrata as tensões e expectativas desta mãe, fundamentalista religiosa, ao encontrar o filho homossexual e em processo de rompimento com a igreja e com a educação que recebeu em sua infância.

Sob a direção de Fança, o espetáculo é uma produção da Cia. do Sereno, companha teatral fundada em 2012 por jovens paraenses residentes na cidade de São Paulo. O elenco é formado por Adriane Henderson e Pablo Azevedo.

Esta é a segunda montagem do espetáculo que, em 2017, ganhou a cena sob a direção de Vinicius Calderoni. Desde então, o espetáculo tem sido reescrito e adaptado pelo dramaturgo. Bolhas fica em cartaz até o dia 14 de outubro, com sessões de sexta-feira a segunda-feira às 21h (sexta, sábado e segunda) e às 19h (domingos).

Já à venda, os ingressos do espetáculo custam de R$ 15,00 (meia) a R$ 30,00 (inteira). A classe artística paga meia entrada ao longo da temporada.