Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem escolherá vencedores de sua edição derradeira hoje

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Acontece hoje, às 20h e aberto ao público, a edição
derradeira do Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem, que, ao
longo de 25 anos, laureou os destaques do teatro voltado ao público infantil e
juvenil na cidade de São Paulo. Sem o patrocínio da Coca-Cola FEMSA, que sempre
subsidiou edições anteriores, a 26ª edição do prêmio conta com o apoio da
Associação Paulista de Amigos da Arte (APAA).

A Associação decidiu apoiar o evento com o valor de R$ 20mil,
além de ceder a maior sala do Teatro Sérgio Cardoso, no bairro do Bixiga, zona
central da capital. Serão 18 categorias premiadas na noite de hoje com ingressos
gratuitos. Confira abaixo a lista de indicados:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Autoria de
texto original

– Amauri Falseti – Pedro e Quim

– Cecília Magalhães, Julia Ianina, Rhena de Faria e Thaís
Medeiros – Mary e os Monstros Marinhos

– Maria Fernanda de Barros Batalha – Dois a Duas

.

Autoria de
texto adaptado

– Heloisa Seixas e Julia Romeu – Carmen, a Grande Pequena
Notável

– Ronaldo Serruya – Hoje o Escuro vai atrasar para que
possamos conversar

– Tábata Makowski – É tudo Família

.

Diretor

– Carla Candiotto – Que Monstro te Mordeu?

– Kiko Marques – É tudo Família

– Rhena da Faria – Mary e os Monstros Marinhos

.

Cenografia

– Luiz Felipe Petuxo – Annexo – Um Diário de Anne Frank

– Mira Haar – Mary e os Monstros Marinhos

.

Figurino

– Juliana Sanches – Hoje o Escuro vai atrasar para que
possamos conversar

– Kleber Montanheiro – Carmen, a Grande Pequena Notável

– Mira Haar – Mary e os Monstros Marinhos

.

Iluminação

– Rebecca Konopkinas – Bichos Vermelhos

– Robson Lima – O Gigante Adamastor

.

Trilha
musical original

– Arthur Decloedt – Mary e os Monstros Marinhos

– Os Capoeira – Bento Batuca

.

Trilha
musical adaptada

– Adriana Telg – Bichos Vermelhos

– Kevin Macleod e Cia de Achadouros – Os Lavadores de
História

– Ricardo Severo – Carmen, a Grande Pequena Notável

.

Ator

– Ciro Acioli – Quando as Pessoas Andam em Círculos

– Rogério Modesto – Pedro e Quim

– Tom Muszkat Cortese – Comédia dos Erros

.

Ator
coadjuvante

– Paulinho Rocco – Annexo – um Diário de Anne Frank

– Rani Guerra – Navegar

– Renato Bego – A Comédia dos Erros

.

Atriz

– Amanda Acosta – Carmen, a Grande Pequena Notável

– Graziella Moretto – Nem Sim nem Não – uma Peça Infantil que
Ninguém Pediu

– Jhenifer Santine – Dois a Duas

.

Atriz
coadjuvante

– Andrezza Massei – A Pequena Sereia

– Janaína Leite – Hoje o Escuro vai atrasar para que possamos
conversar

– Luzia Rosa – Dois a Duas

.

Revelação

– Adriano Castelo Branco – pela criação e confecção dos
bonecos – Água Doce

– Cia Mar – pelo espetáculo – Vocês vão ter que me engolir

– Grupo XIX de Teatro – espetáculo – Hoje o Escuro vai
atrasar para que possamos conversar

.

Prêmio
especial

– Cia Paideia – por devolver ao teatro um lugar de tribuna,
catarse e reflexão, integrando atores, alunos e plateia no espetáculo – Vamos
para Escola!

– Cia. Teatro Por Um Triz – por recuperar e valorizar as
técnicas do chamado teatro de papel, como pop up, bonecos bi e tridimensionais,
origami, kirigami e sombras, no espetáculo – Elisa e os Cisnes Selvagens

– Espetáculo Flores Vermelhas – por construir no palco um
diálogo com jovens LGBT para falar do papel da influência religiosa e dos
discursos conservadores nos rompimentos afetivos familiares

.

Produção

– Cia Dom Caixote – Annexo – um Diário de Anne Frank

– Cia da Tribo – Água Doce

– Grupo Esparrama – Navegar

.

Espetáculo
infantil

– É tudo família

– Pedro e Quim

– Mary e os Monstros Marinhos

.

Espetáculo
jovem

– Annexo – um Diário de Anne Frank

– Dois a Duas

– Quando as Pessoas andam em Círculo

.

Prêmio
sustentabilidade

– Cia da Tribo – por abordar a questão dos rios urbanos no
espetáculo Água Doce apresentado em parques e praças de diversas regiões de São
Paulo servidas por rios poluídos.

– Hoje o Escuro vai atrasar para que possamos conversar –
Grupo XIX de Teatro – por falar de preconceito, intolerância e a importância
dos cuidados com a natureza, em uma fábula sobre os efeitos da extinção de
todas as espécies de animais

– Vocês vão ter que me engolir – por abordar o preconceito de
gênero, a necessidade de conscientização sobre as diferenças e por estimular o
direito à diversidade

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio