Promovendo debates, solo Alice reestreia para comemorar Visibilidade Lésbica

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Peça que há três anos vem construindo carreira de sucesso em
territórios nacional e internacional, Alice
– Retrato de Mulher que Cozinha ao Fundo
retorna a São Paulo após turnê pela
América Latina para três únicas apresentações neste mês de agosto.

Escrito por Marina Corazza, a peça joga holofote sobre a
imagem da escritora Alice B. Toklas, figura silenciada e quase apagada da
história ao ficar a sombra de sua companheira, a romancista e ensaísta norte
americana Gertude Stein. Estrelado por Nicole Cordery sob a direção de Malú
Bazan, o espetáculo realiza três apresentações no Teatro Décio de Almeida Prado,
no Itaim Bibi a partir do dia 29 de agosto, quinta-feira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As apresentações fazem parte das comemorações da Semana da
Visibilidade Lésbica, e compõem a programação LGBTQI+ da curadoria do
teatro.  No dia 29 a sessão é gratuita e
contará, ao fim do espetáculo, com um bate-papo com a pesquisadora, mestra e
doutoranda em Ciências Sociais, Lauren Zeytounlian.

Já nos dias 30 e 31, os ingressos serão vendidos a preços
populares, a R$ 30,00 (com meia entrada a R$ 15,00). Sob a mediação da
dramaturga Marina Corazza, o espetáculo do dia 30 também contará com um
bate-papo ao fim da sessão encabeçado pela professora doutora em Literatura
Comparada, e pesquisadora Carla Miquelote.

As sessões acontecem às 20h (quinta e sexta-feira) e às 18h
(sábado). Os ingressos da sessão de quinta-feira, 29, podem ser retirados com uma
hora de antecedência. O Teatro Décio de Almeida Prado fica localizado na Rua
Lopes Neto, 206, no bairro do Itaim Bibi.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio