Propondo visão analítica sobre clássico de Shakespeare, solo Prazer, Hamlet estreia em São Paulo

Estrelado por Artur Volpi sob a direção de Ciro Barcelos, espetáculo lança olhar crítico ao príncipe da Dinamarca

Publicado em 15/01/2022 08:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Foi através de uma série de workshops de aprimoramento artístico que o ator Artur Volpi ergueu pontes com o eterno Dzi Croquette Ciro Barcelos e afunilou o contato com a obra do bardo William Shakespeare, em especial Hamlet, a clássica tragédia sardônica sobre o vingativo príncipe da Dinamarca. 

A partir deste contatos surgiu Prazer, Hamlet, solo que chegou ao palco do Giostri Teatro na noite de ontem, 14, estrelado por Volpi sob a direção de Barcelos e que estabelece três leituras diferentes para a obra do bardo inglês.

A primeira parte de um ator que se prepara para montar a obra e se questiona sobre as motivações e as questões que cercam a história, enquanto o segundo apresenta a própria personagem envolta com o desejo de vingar a morte do pai e fazer seu tio, responsável por usurpar o trono, pagar. Por fim, a terceira vertente apresenta um segundo Hamlet, responsável por tecer comentários analíticos acerca da obra de Shakespeare.

O espetáculo cumpre temporada até o dia 27 de fevereiro, com sessões de sexta-feira a domingo, às 20h30 (sextas e sábados) e às 19h (domingos). Os ingressos custam de R$ 40,00 (meia) a R$ 80,00 (inteira).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio