Quase dois anos após estreia frustrada, A Pane cumpre curtíssima temporada em São Paulo

Espetáculo voltará aos palcos em 2022, quando chega ao Teatro FAAP

Publicado em 09/12/2021 09:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Poucos dias antes de a pandemia do Coronavírus se instaurar congelando o setor cultural ao redor do mundo, Malú Bazán já orquestrava os primeiros ensaios abertos de A Pane, obra do escritor e dramaturgo suíço Friedrich Dürrenmatt (1921 – 1990) que mergulha na investigação de pequenas corrupções causadas pelas falhas morais do ser humano.

Com versão em português assinada por Diego Viana, a montagem assinada por Bazán seria a primeira montagem profissional da obra no Brasil, que ganhara encenação amadora em 1956 estrelada por ex-profissionais do direito no palco do Sesc Consolação, em São Paulo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quase dois anos após aquela primeira estreia frustrada, A Pane chega, enfim, ao palco do Teatro do Sesc Santana para três únicas apresentações previstas para os dias 10, 11 e 12 de dezembro (sexta-feira a domingo).

Estrelada por Antônio Petrin, Cesar Baccan, Heitor Goldflus, Marcelo Ullmann, Oswaldo Mendes e Roberto Ascar, A Pane narra a história de um jovem que enfrenta problemas com seu carro e acaba preso em um vilarejo sem conseguir ajuda para consertar o automóvel. O rapaz aceita o convite de um dos moradores da vila, um juiz aposentado, para acompanhá-lo num jantar com seus amigos, todos ex-profissionais de direito aposentados.

Ao longo da noite, os veteranos propõem um jogo para exercitar os antigos conhecimentos da lei, e acabam enredando o jovem em uma disputa de poder, corrupção, ego e falhas morais, levando-o a acreditar que é, de fato, um assassino e merece ser julgado pelos senhores à mesa.

Escrito originalmente como um conto, A Pane ganhou status de peça de teatro quando Dürrenmatt aprofundou suas pesquisas acerca dos resultados do processo da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) na Europa. O espetáculo cumpre curta temporada neste 2021, mas retornará a partir de 14 de janeiro, quando cumprirá (curta) temporada no palco do Teatro FAAP, também em São Paulo, até o dia 20 de fevereiro.

As sessões no palco do Teatro do Sesc Santana acontecem às 21h (sexta e sábado) e às 18h (domingo). Os ingressos custam de R$ 20,00 (meia) a R$ 40,00 (inteira).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio