Raphael Gama reestreia comédia musical na qual dá vida à Aracy de Almeida

Sob a direção de Elias Andreato, espetáculo Araca chega ao Teatro União Cultural em janeiro

Publicado em 09/01/2022 09:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em meados de 2017, o ator e cantor Raphael Gama subiu ao palco do Teatro Alfredo Mesquita, em São Paulo, para estrear Araca, monólogo no qual dava vida e voz às frases, pilhérias e, claro, canções da dama do samba Aracy de Almeida (1914-1988). Elogiado, o solo cumpriu temporadas esporádicas ao longo dos anos e chegou a estrear no universo online em 2020.

Agora, a obra ganha nova chance no encontro com o público quando o ator subir ao palco do Teatro União Cultural, em São Paulo, a partir do dia 16 de janeiro. Sob a direção de Elias Andreato, Gama reconta passagens e ideias que rondavam a vida da cantora, um dos principais nomes da música popular esquecido na memória nacional e revivido em meados da década de 1970 no papel de jurada mau humorada de programas de auditório comandados por Silvio Santos.

No solo que chega a São Paulo em janeiro, Gama busca ir além do estereótipo e apresentar a faceta da grande intérprete conhecida como a principal conhecedora da obra do poeta da Vila, Noel Rosa (ano). As sessões acontecem às 18h e os ingressos custam de R$ 37,50 (meia) a R$ 75,00 (inteira).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio