Renata Sorrah - Foto: Divulgação
Renata Sorrah - Foto: Divulgação

Em 2010, ao dar vida à antológica Lady Macbeth na montagem de Aderbal Freire-Filho para o clássico Macbeth, de William Shakespeare (1564-1616) protagonizado ao lado de Daniel Dantas, Renata Sorrah sentiu a necessidade de se reinventar e buscar novas linguagens que a desafiassem em cena.

Dois anos depois, a atriz estreou Esta Criança, drama do dramaturgo francês Joël Pommerat montado em parceria com a curitibana Companhia Brasileira de Teatro. Sob a direção de Márcio Abreu, Sorrah levou o Prêmio Shell daquele ano pela performance na obra sobre o desgaste das relações familiares e dos laços entre pais e filhos.

Três anos depois, atriz e Companhia repetiram a parceria com a encenação de Krum, do israelense Hanoch Levin (1943-1999), até desaguar na internacionalmente elogiada Preto (2017), de Grace Passô, Nadja Naira e Márcio Abreu.

Não fosse a pandemia do novo Coronavírus, a atriz emplacaria sua quarta produção ao lado da Companhia com a encenação de A Gaivota, do russo Anton Tchekhov (1860-1904), prometida para este ano de 2020. Impossibilitados, atriz e cia. se reúnem na encenação de Em Companhia, estreia de ambos nas lives cênicas com apresentação agendada para este domingo, 05, dentro do projeto #EmCasacomoSesc.

Na encenação, o grupo apresenta uma mescla de textos das três obras montadas com Sorrah, além de excertos de outros espetáculos da Companhia para narrar a história de uma mulher que pretende realizar uma fala pública diretamente de sua casa. A obra retratará temas como isolamentos, lamentos, obscurantismo, nacionalismos crescentes, belicismos exacerbados, preconceitos e extremismos religiosos.

A apresentação acontece às 21h30 e será transmitida pelo canal oficial da rede sesc no Youtube. Sorrah engrossa o time de artistas a s apresentar no projeto. Com mais de 50 mil visualizações, o #EmCasacomoSesc já recebeu nomes como Sérgio Mamberti, Ailton Graça, Grace Passô, Denise Fraga, Débora Falabella, Clara Carvalho, Denise Weinberg, Matheus Nachtergaele, Débora Lamm, entre outros.