Retratando a luta pelo poder, Angel reestreia compondo residência artística de temática LGBT

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Peça sobre a luta pelo poder e reconhecimento dentro de um
cabaré comandado por strippers masculinos,
a peça Angel, de Carlos Fernando
Barros e Vitor de Oliveira, cumpre, dois anos após sua estreia, nova temporada
em São Paulo compondo a programação LGBTQI+ do Centro Cultural da Diversidade,
antigo Teatro Décio de Almeida Prado, no Itaim Bibi, zona sul da capital.

O espetáculo narra as relações de poder entre uma famosa
deputada conservadora e os componentes do cabaré. As estruturas
pré-estabelecidas são abaladas com a chegada da personagem-título, que não
apenas toma as vezes de protagonista do espaço, como também ganha a atenção da
deputada, e é envolvido numa trama de traição arquitetadas pelos outros rapazes
do espaço.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sob a direção de Eduardo Martini (que também entra em cena nesta nova temporada, ao lado de Cléo Ventura, Bruno Alba e Markinhos Moura, entre outros), o espetáculo volta a cartaz em outubro, cumprindo sessões do dia 11 de outubro a 02 de novembro, sextas-feiras e sábados, às 21h.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio