Roberto Cordovani retorna ao mito de Greta Garbo em nova montagem de clássico dos anos 90

Publicado em 13/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando estreou em 1987 na cidade de Vigo, na Galícia, o espetáculo Olhares de Perfil – O Mito de Greta Garbo se tornou clássico instantâneo graças à abordagem nada óbvia do texto assinado pelo ator e diretor Roberto Cordovani ao lado da dramaturga peruana Alejandra Guibert, e graças à interpretação do ator, que colecionou uma série de prêmios ao redor da Europa, onde o espetáculo fez carreira na década de 1990.

Agora, quase 35 anos após sua primeira temporada, Olhares de Perfil ganha nova montagem estrelada pelo mesmo Cordovani que idealizou a encenação original. Voltando a assinar a direção, o artista se une a Ruben Gabira e a Alan Ferreira para contar a história de uma misteriosa cantora da noite que surge no mesmo período em que a estrela dos cinemas Greta Garbo (1905-1990) decide se afastar da vida pública.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A semelhança entre a performer e a estrela sueca levanta uma série de questionamentos na imprensa da época, e transforma a artista anônima no foco das atenções. A obra cumpre temporada no Teatro Commune, em São Paulo, a partir do dia 31 de julho, sábado, até o dia 17 de outubro.

As sessões acontecem aos sábados e domingos às 20h e às 19h, respectivamente. Os ingressos custam de R$ 30,00 (meia) a R$ 60,00 (inteira) e a produção contará com a presença do público sem transmissão online.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio