Sidney Santiago Kuanza mergulha na poesia negra para traçar panorama da negritude na arte em novo solo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ator e diretor componente da Cia. Os Crespos, Sidney Santiago Kuanza estreia a partir deste sábado, 12, Numa Terra Estranha – 12 Variações, solo em que mergulha na obra de 12 poetas negros para traçar um panorama da figura do negro na sociedade do século 21.

A partir da obras de nomes como Cruz e Souza (1861-1898), Solano Trindade (1908-1974), Oswaldo de Camargo, Cristiane Sobral, Abdias Nascimento (1914-2011), Marcelino Freire, entre outros, Kuanza aborda temas como a solidão e a revolta negra num exercício poético político.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A apresentação acontece dentro do projeto Teatro Vivo em Casa, que tem apresentado solos transmitidos via Zoom, diretamente do palco do Teatro Vivo, na zona sul de São Paulo.

A transmissão de Numa Terra Estranha acontece a partir das 20h, os ingressos são gratuitos e podem ser retirados via Sympla.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio