Sylvia Bandeira mergulha no repertório de Charles Aznavour para encenar ode à passagem do tempo e suas memórias

Clássicas canções do compositor francês embalam comédia dramática

Publicado em 08/09/2021 10:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Sylvia Bandeira sobe ao palco do Teatro das Artes, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro, a partir de sexta-feira, 10, para dar voz a clássicos do repertório do cantor e compositor francês Charles Aznavour (1924-2018) com a estreia de Charles Aznavour – Um Romance Inventado, comédia dramática na qual a artista dá vida a uma conceituada atriz de teatro que, entediada, adota um exílio voluntário.

A rotina da artista muda quando aceita dar uma entrevista a Heitor, um jovem jornalista que consegue se encontrar com a veterana às vésperas de perder a mãe. Escrito por Saulo Sisnando sob a direção de Daniel Dias da Silva, a obra é embalada por clássicos do repertório de Aznavour apresentados ao vivo pela pianista Liliane Secco (que assina a direção musical e os arranjos) e pelo violinista Ulisses Nogueira.

Em cena, Bandeira é acompanhada por Mauricio Baduh, com quem interpreta clássicos como Que C’est Triste Venise, La Bohème e She. O espetáculo fica em cartaz até o dia 31 de outubro, com sessões de sexta-feira a domingo, às 20h (sextas e sábados) e às 19h (domingos). Os ingressos custam de R$ 60,00 (meia) a R$ 120,00 (inteira).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio