Vanessa Bruno dá mergulho digital nas águas em que Lispector relê mito grego e Homero

Espetáculo chega ao digital dois anos após estrear na data de morte de Antunes Filho

Publicado em 21/09/2021 17:35
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lançado em 1969 como sucessor do (muito) bem sucedido A Paixão Segundo GH, Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres foi um dos livros mais controversos de toda a obra literária de Clarice Lispector (1920-1977) e, ainda hoje, acende debates acalorados acerca das visões da artista nesta obra na qual promove uma releitura do mito grego de Eros e Psique e da histórica Odisséia, de Homero.

Lispector centraliza as discussões míticas no contexto do Rio de Janeiro da segunda metade do século XX, se apropriando de passagens do mito sobre a superação de obstáculos ao amor enquanto localiza a odisséia em ambiente doméstico, invertendo papéis, quando a mulher (Lóri) parte para buscar o autoconhecimento, enquanto o homem (Ulisses) aguarda seu retorno.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Intitulada Águas do Mundo, a adaptação assinada por Vanessa Bruno, chega hoje ao universo online em montagem dirigida e estrelada pela artista, que promove uma nova fragmentação da obra de Lispector para narrar a história desta mulher em busca de seu autoconhecimento através de seu fluxo contínuo de pensamento.

A obra chega ao universo online dois anos após estrear, em 2 de maio de 2019, no Sesc Recife, na capital pernambucana, e cumprir sucessivas temporadas antes de ter seu processo interrompido, em 2020, pela pandemia do Coronavírus. A versão que chega hoje à rede foi registrada no palco do Centro Cultural da Diversidade, em São Paulo, sem a presença do público.

Águas do Mundo fica em cartaz até o dia 06 de outubro, com sessões às terças e quartas-feiras, sempre às 21h. Os ingressos custam R$ 10,00, R$ 20,00 e R$ 30,00 na política pague o quanto puder.

Confira abaixo a Ficha Técnica completa do espetáculo:

Proposição, dramaturgismo, interpretação e direção: Vanessa Bruno | Direção audiovisual: Pedro Paulo de Andrade | Fotografia e operação de câmera: Claus Stellfeld | Assistente de direção e preparação corporal: Livia Vilela | Segundo assistente: Luiz Felipe Bianchini | Trilha sonora e desenho de som: Edson Secco | Iluminação: Fernanda Guedella | Preparação vocal: Paula Mihran | Preparação musical: Zeca Loureiro | Voz gravada: Fabrício Licursi | Cenário, adereços e figurinos: Anne Cerrutti | Edição: Graciela Zapatta | Projeção: Gabriela Rocha | Captação de som: Dara Duarte | Teaser: Gabriela Rocha e Bianca Moreno | Comunicação visual: Cezar Siqueira | Fotos: Cezar Siqueira, Julio Calil e Rafaella Gomes | Produção: Rodrigo Fidelis e Gabi Gonçalves/ Corpo Rastreado | Apoio: Casa das Caldeiras, Jarro e Centro Cultural da Diversidade

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio