Victor Nóvoa | Foto: Divulgacao
Victor Nóvoa | Foto: Divulgacao

Durante um ano, o dramaturgo Victor Nóvoa viveu em um prédio ocupado, com risco iminente de desocupação em São Paulo. A experiência inspirou o autor a escrever Estilhaços da Janela Fervem no Céu da Minha Boca, texto sobre o processo de gentrificação da cidade de São Paulo que ganha leitura aberta hoje, 27, no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc, na Bela Vista.

Sob a direção de Eliana Monteiro, a leitura acontece às 19h30 e conta com ingressos gratuitos que podem ser reservados através do site oficial do Sesc São Paulo. A produção é assinada pelo Coletivo A Digna, e o elenco formado por Ana Vitória Bella, Helena Cardoso, Ícaro Rodrigues, Lucienne Guedes, Paulo Arcuri e pelo próprio Nóvoa, além do músico Carlos Zimbher.