Prêmio APCA | Foto: Divulgação
Prêmio APCA | Foto: Divulgação

A Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) divulgou na manhã de hoje, 28, uma nota em seu perfil oficial no Instagram na qual repudia veementemente a manifestação agendada para o dia 15 de março, domingo, em São Paulo, contra o Parlamento e o Supremo Tribunal Federal.

Amplamente divulgada após a jornalista Vera Magalhães noticiar a participação do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro (Sem Partido) na disseminação de um vídeo convocatório, a manifestação tem como principal mote o “apoio” ao Presidente da República entre pedidos de fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal.

Geralmente assumindo tons imparciais, a Associação tem se posicionado a favor de movimentos culturais e contra os seguidos ataques a cultura promovidos pelo poder executivo e eventualmente pelos governos do Estado.

Sob a gestão de Celso Curi, a Associação tem se alinhado com movimentos como o Artigo Quinto, que visa, além da defesa do direito à liberdade de expressão, a fomentação da arte e da democracia. O movimento foi o responsável por arquitetar as apresentações e manifestações da Semana da Arte Contra a Barbárie, em São Paulo.

Confira abaixo a nota completa publicada no perfil oficial da Associação no Instagram.