Eduardo Martini | Foto: Divulgação
Eduardo Martini | Foto: Divulgação

Ator, diretor e produtor com mais de 40 anos de carreira, Eduardo Martini deu, no domingo passado, passo inédito em sua trajetória artística. Ao lado dos atores Ailton Guedes (indicado ao Prêmio do Humor 2019 por sua performance em Contos de Barbas) e Karina Sbruzzy, Martini deu início ao processo de montagem de um espetáculo inédito e ainda sem nome.

Através de lives semanais no Instagram, o trio de artistas dará início a montagem de um novo espetáculo que deve chegar aos palcos pós-período de isolamento social. No processo, o trio seleciona e lê textos de diferentes autores. O primeiro, O Mengão ou Eu, da carioca Regiana Antonini, foi uma comédia de situações que deve se repetir no próximo domingo, quando o grupo também lerá um texto da autora de O Filho da Mãe, sucesso do repertório de Martini.

Nas lives, Guedes e Sbruzzy lêem e apresentam o texto enquanto contam com a direção e a orientação de Martini. O público acompanha então a primeira leitura branca e a leitura com intenções e direção. A ideia é reunir uma série de textos que sejam transformados num espetáculo a ser montado em breve. Quem viver…