Andréa Beltrão estreia na direção ao encenar monólogo de Julia Spadaccini sobre surdez

Publicado em 31/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Andréa Beltrão se prepara para estrear como diretora com a encenação de Surda, monólogo inédito escrito pela dramaturga carioca vencedora do Prêmio Shell Julia Spadaccini. As informações são do jornal O Globo.

Prestes a ser estrelada pela atriz Valéria Arbex, a obra narra o processo de descoberta de surdez da dramaturga, que desde os 17 anos foi perdendo gradualmente a audição e hoje escuta por meio de um aparelho auditivo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda sem data para estrear, Surda marca a estreia de Beltrão como encenadora, embora, a rigor, a artista já tenha assumido a função há 14 anos, quando assinou, ao lado de outro quatro profissionais, a direção de Diálogos com Molly Bloom, solo estrelado por Malu Galli.

A estreia do solo acontecerá tão logo haja real controle da pandemia do Coronavírus. A ideia é que o espetáculo cumpra temporada no Rio de Janeiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio