Após fim do grupo As Baías, Assucena Assucena estreia como atriz em obra instalação sobre o ofício teatral

Cantora estrela adaptação de obra iídiche em escombros de teatro judeu

Publicado em 28/10/2021 11:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Menos de um mês após anunciar oficialmente, em comum acordo com Raquel Virgínia e Rafael Acerbi, o fim do conjunto As Baías – abreviação de teor mercadológico para o nome original do grupo, As Bahias e a Cozinha Mineira -, a cantora Assucena Assucena anuncia sua estreia como atriz em Leste, espetáculo encenação que chega ao palco da Casa do Povo, em São Paulo, a partir do dia 11 de novembro, quinta-feira.

Sob a direção de Martha Kiss Perrone, responsável também pela adaptação de Um Sonho de Goldfadn, obra do dramaturgo e diretor judeu polonês Jacob Rotbaum (1901-????) que, em 1948, desembarcou no Brasil e realizou, no Theatro Municipal de São Paulo, a montagem da obra, uma convocatória à reimaginar o teatro após os destroços da Segunda Guerra, com atores ligados à mesma Casa do Povo que remontará a obra reimaginada por Perrone.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leste narra a história de um teatro em risco quando um velho diretor de um teatro em Varsóvia tira do repertório todas as peças iídiche após o ator principal ser preso pela polícia política. Num delírio fantasmagórico, o contrarregra convoca então os próprios personagens e paisagens vindos do Leste Europeu das peças de Abraham Goldfadn (1840-1908), dramaturgo e poeta russo judeu, considerado o pai do teatro iídiche, para salvar o teatro, como artesãos, mascates, partisans, bruxas, mulheres em fuga e florestas.

Registrado em vídeo, a ser exibido ao longo da instalação, que prevê um passeio pelas ruínas do Teatro de Arte Israelita Brasileiro no Bom Retiro, zona central de São Paulo, Leste conta com elenco formado por Amanda Lyra, André Lu, Assucena Assucena, Heitor Goldflus, Rodrigo Bolzan, Vitória Faria, Ariane Aparecida, Nina Hotimsky, Ícaro Pio, Betty Poquechoque, Sonia Limachi Quispe, Yenny Rodrigues Cruz e Elizabeth Mariela Cuaremayta Mamani.

As sessões acontecem até o dia 05 de dezembro, de quinta-feira a domingo, às 20h (quintas a sábados) e às 19h (domingos). Os ingressos são gratuitos e o espetáculo-instalação tem capacidade de receber até 50 pessoas por sessão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio