Após sucesso em Chaves – O Musical, Carol Costa deverá assumir protagonismo em Chicago

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atriz e cantora que vem ganhando destaque nas produções musicais ao longo dos últimos anos, Carol Costa, indicada a prêmios como Bibi Ferreira e o Prêmio do Humor por sua interpretação de Chiquinha no musical Chaves, deverá assumir o protagonismo do musical Chicago, com estreia prevista para o segundo semestre, em São Paulo

A atriz deve dar vida a Roxie Hart, personagem que já foi interpretada por nomes como Brooke Shields, America Ferrera e Gwen Verdon nos palcos, e pela vencedora do Oscar Renneè Zellweger no cinema, na adaptação de Rob Marshall para o musical de John Kander e Fred Ebb para as telas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A segunda versão brasileira do espetáculo chega aos palcos 16 anos após a montagem estrelada por Danielle Winits, Adriana Garambone e Daniel Boaventura. O espetáculo cumprirá temporada no Teatro Santander sob a produção da IMM e EGG Entretenimento, responsáveis pelas produções de espetáculos como o revival de My Fair Lady, Cantando na Chuva, A Pequena Sereia e, mais recentemente, Sunset Boulevard, estrelada por Marisa Orth.

Sob a direção de Tânia Nardini, Chicago contará com a cantora e atriz Emanuelle Araújo na pele da co-protagonista Velma Kelly, vivida por nomes como as vencedoras dos prêmios Tony e Olivier Bebe Neuwirth, Ruthie Henshall e Chita Rivera no teatro, e Catherine Zeta-Jones no cinema no papel que lhe rendeu seu primeiro Oscar.

Já o inescrupuloso advogado Billy Flynn será vivido pelo ator vencedor do prêmio Tony Paulo Szot, reprisando o papel que desempenha na montagem do espetáculo na Broadway até maio de 2020. No cinema, o papel de Flynn foi vivido por Richard Gere.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio